ALÉM DOS VÉUS

31/05/21

(Canalizada por Brenda Hoffman)

Meus queridos,

Nós, dos Universos, gostaríamos de nos congratular com todos vocês por permitirem que as energias que agora golpeiam a Terra se tornem parte do seu novo ser. É como se vocês tivessem se graduado em uma universidade com honras especiais. Visto que estão lendo esta mensagem, vocês evoluíram para uma posição muito além daquela prevista antes do seu nascimento nesta vida terrena.

Isso não quer dizer que aqueles que não aceitam prontamente as energias sejam lentos ou maus aprendizes. Mas, em vez disso, que se encontram em uma etapa diferente da sua.

Gostaríamos de abordar o seu novo ser em lugar de estimular aqueles que os seguem a apressar o seu ritmo ou a reduzir o seu medo.

Aqueles dentre vocês que estão na linha de frente, estão descobrindo os novos pensamentos e ações que abordamos diversas vezes. Mas, ao assim fazer, estão começando a se sentir sozinhos de novas maneiras. Isso é verdade para os que estão em um relacionamento, assim como para os que têm estilos de vida mais isolados.

Essa solidão tem pouco a ver com seus relacionamentos românticos e tudo a ver com a descoberta de uma Família Universal, seus seres. Agora que atravessaram os véus, vocês estão prontos para redescobrir aqueles com quem têm interagido em seu estado de sonho, entre as vidas terrenas, e provavelmente, ao longo de muitas de suas vidas terrenas de várias formas.

Talvez tenham ouvido ou lido que nunca estão sozinhos. Isso sempre foi verdadeiro. Mas, até agora, vocês eram incapazes de acessar seus amigos especiais, família e sua turma além do véu – exceto em seu estado de sonho.

A maioria dentre vocês ainda acredita que não pode fazer isso. Pedimos para discordar. Mesmo que tendam a rotular qualquer nova habilidade como possível para os outros, mas não para vocês, podem acessar os seus Seres Universais sempre que desejar. E, quando ousarem, vocês permitirão que sua família e amigos além do véu projetem uma presença física.

A maioria não acredita que isso possa ser possível. Que não são tão habilidosos ou espiritualmente talentosos. Na verdade, precisam simplesmente se libertar da sua descrença para saber que não estão sozinhos em seus estados de sono ou de vigília.

Vocês não têm dificuldade em acreditar que viajam pelos Universos em seu estado de sono, todavia não conseguem imaginar que sejam hábeis o bastante para fazerem a mesma coisa quando estão acordados.

Chegou o momento de alterar as suas crenças – tanto com relação às suas habilidades quanto ao seu mundo. Muitos ficam admirados com aqueles que canalizam, viajam no tempo ou fazem tudo o que parece ser uma habilidade universal difícil. Contudo, vocês gostariam de fazer as mesmas coisas.

Está na hora de aceitar o seu novo ser em toda a sua glória. Porque vocês não são os seres que acreditam ser.

É como se vocês fossem uma nova fada princesa acreditando ser a Cinderela de ontem. Por isso, continuam com as suas tarefas de limpar a casa da Cinderela, enquanto suas irmãs desagradáveis os orientam a fazer isso ou aquilo. E tudo o que teriam de fazer era acenar, e as tarefas pelas quais fossem responsáveis como Cinderela seriam concluídas por suas habilidades mágicas.

Embora o seu nível de habilidade tenha aumentado imensamente nas últimas semanas, vocês não acreditam nisso. Talvez permaneçam em seu estado de casulo ou tenham alguns “Ahas”, mas isso não é o suficiente para que acreditem que sejam seres universais plenamente capazes de fazer o que achar interessante – em seu estado de vigília.

Há pouca diferença de habilidade entre o seu estado de vigília e o seu estado de sonho. Naturalmente, muitos de vocês tentarão imediatamente verificar nossas palavras e falharão. Não é porque não sejam capazes, mas porque ainda não estão preparados para fazer isso.

Não há nada que precisem fazer agora a não ser estar conscientes de suas capacidades – tudo isso ficará claro quando realmente sentirem a necessidade de exercer essas habilidades. Envolvam-se no casulo ou saiam dele. Isso não importa, visto que vocês estão em um caminho único.

Mas, quando a solidão de que falamos começar a deteriorar-se em seu novo ser, percebam que vocês são plenamente capazes de saciar essa necessidade, quando desejarem, com as suas novas habilidades. E, assim que o fizer, sua família e os amigos além do véu irão atraí-los para novos mundos, pensamentos e ações. Alguns deles serão aplicados em seu mundo atual, enquanto outros, em lugares e tempos diferentes.

Vocês são novos seres com novas habilidades que serão expressas quando precisarem fazer isso. Não por causa de deveres, mas devido à solidão, ao tédio e a novos interesses. Que assim seja. Amém.

Copyright 2009-2021, Brenda Hoffman. Todos os direitos reservados. Sinta-se à vontade para compartilhar esse conteúdo com outras pessoas, postar em seu blog, adicioná-lo ao seu boletim informativo etc. Mas mantenha a integridade deste blog incluindo o nome do autor / canal: Brenda Hoffman e o link do site de origem: LifeTapestryCreations.com.

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *