MIRANDO O FUTURO

Kryon Channelings®
Mensagem de Kryon canalizada por Lee Carroll, ao vivo, em Stamford Connecticut, 28 de julho de 2019
Fonte: https://www.kryon.com/CHAN2020/k_channel19_Stamford.html

Para ajudar o leitor, esta mensagem foi revista [por Lee e Kryon], para permitir um entendimento mais claro. Inclusive algumas informações foram incluídas ou condensadas. Geralmente as canalizações ao vivo têm uma energia implícita que carrega um tipo de comunicação que o texto escrito não traz. Então, aproveite esta mensagem aprimorada, transmitida em Stamford.

Saudações, queridos! Eu sou Kryon do Serviço Magnético. Estamos em um lindo lugar, onde os corações são tocados de uma forma que só pode acontecer quando se está em grupo. A ideia da dinâmica de grupo em questões espirituais é conhecida há bastante tempo, mas todo o tema deste fim de semana foi aprofundar-se em coisas que ainda não são percebidas, e explorar novos paradigmas que ainda não fazem parte da realidade de vocês.
Existe uma expressão, que já usamos no passado, que afirma o seguinte: “Um tolo não sabe que é tolo.” Esta expressão é uma metáfora para várias coisas, mas, basicamente, significa que seja qual for o nível de consciência em que um ser humano se encontre, ele não consegue enxergar além desse nível. Se estiver em um nível baixo de consciência, e for, de fato, um tolo, ele realmente não terá nenhuma ideia de que é tolo e continuará sendo um.
Agora, se vocês aplicarem isto aos ensinamentos deste fim de semana, poderão dizer: “Será que sou um tolo porque talvez não esteja totalmente consciente das coisas à minha volta?” A resposta é “não”. Isso é simplesmente uma metáfora que diz que é difícil enxergar questões de consciência superior, quando se está num estado de consciência mais baixo. Todos os Seres Humanos têm acesso à consciência superior, e se olharem para isto de modo racional, poderão dizer que há motivos para se comemorar! Pois existem muitos atributos de percepção e consciência mais elevada, que vocês simplesmente não viram ainda, mas que estão disponíveis para serem descobertos.

Entretanto, nessa área de coisas invisíveis, há uma armadilha em potencial, que é comum entre os Seres Humanos. É quando vocês se apaixonam tanto por algo que supõem que exista ou que esteja acontecendo – embora não o consigam enxergar, nem imaginar – que desejam postular tudo sobre isso e, então, inventam coisas para satisfazer seus próprios interesses apaixonados.
Estejam cientes de que, nesta nova energia, haverá o que chamarei de “muitos grupos de postulação”. Isto quer dizer que muitos sairão em busca do que acreditam que esteja lá, mas que realmente não está, e então começarão a trabalhar em direção a uma meta fundamentada em algo que é invisível e incorreto. O único perigo, a única armadilha que existe aqui, queridos, é que vocês são tão curiosos, e seus intelectos são tão enormemente desafiados, que vocês podem ficar presos nessa situação de encantamento e de viver, fazer e planejar, e acabem perdendo de vista o essencial da questão.

O SER HUMANO GIRATÓRIO

Que benefício um Ser Humano poderia receber de sentar-se e girar? De que lhe serviria isto? Se assim fizesse, ficaria tonto demais para descobrir a realidade que deveria ser sua, e nunca saberia que estava girando, porque tolos não sabem que são tolos.

“Kryon, não entendi nada do que você acaba de dizer!”
O que realmente estou lhe dizendo é o seguinte: Nesta nova energia, haverá revelações de coisas e energias multidimensionais (invisíveis) que gerarão muita curiosidade. E de nada lhe servirá postular, questionar e planejar em torno de coisas que você não conhece nem entende. Por quê? Porque isto o impediria de enxergar a verdade quando ela finalmente surgir! Porque você não conta com o que você não espera, e realmente existem coisas que estão chegando, que não se encaixam em nenhum paradigma linear que você possa imaginar. Vou falar sobre um deles agora.

CONCEITOS DIFÍCEIS

Vou falar sobre algo muito esotérico agora, e muitos dirão: “Diga lá!” Entretanto, vocês não têm nenhum entendimento sobre a realidade disso. É uma coisa que vocês não esperam, que está aqui e que está disponível para vocês. Tem a ver com seu modo de perceber a si mesmos, e de perceber sua galáxia, seu universo e sua realidade – e tem a ver com o tempo.

Como vocês descreveriam o tempo para uma criança que lhes perguntasse: “Por favor, diga-me o que é o tempo”? É difícil descrever o tempo para uma criança, não é? Talvez vocês dissessem: “Bem, é o tique-taque do relógio.” Então a criança perguntaria: “E o que quer dizer isso? Os tique-taques são os sons…” E vocês poderiam dizer: “É o espaço entre eles.” Então a criança não iria querer ouvir mais nada, porque não estaria fazendo sentido para ela.
O tempo é algo extremamente ilusório no departamento de definições. O que o torna ainda mais difícil, queridos, é que a ciência só observou o TEMPO nos últimos cinquenta anos, mais ou menos, e então concluiu: “Contra todas as probabilidades, ele parece fazer parte da estrutura atômica Em outras palavras, o tempo não é apenas um conceito; poderíamos tocá-lo, se fôssemos suficientemente pequenos. Não só isso, mas, alterando-se partes dessa estrutura atômica – a física relativa à densidade, velocidade e massa – poderíamos realmente alterá-lo!” Einstein postulou (e mais tarde foi provado) que o tempo parece desacelerar e acelerar, dependendo da velocidade com que estamos indo; e é totalmente relativo ao observador. Em outras palavras, ele é de fato variável e, portanto, não é a coisa linear, imóvel e absoluta que vocês pensam que é.

Agora… isto é uma coisa difícil de contar para uma criança, não é? Quando vocês finalmente tiverem ideia de como falar com uma criança sobre isso, vocês não vão deixa-la saber que o tempo é variável. Não ainda, porque isso seria um choque! A razão disto é que todos vocês esperam que o tempo seja absoluto e não mude nunca. Existem relógios atômicos que medem o tempo até o “enésimo” grau; o tempo é estável, consistente, e é a sua realidade linear. Entretanto, isto é uma ilusão criada apenas para vocês.

Vocês sempre enxergaram o tempo como uma linha reta. Todo mundo sabe que ele é uma linha reta, que ele é como um trem num trilho. Se estiverem parados em determinado ponto junto a esse trilho longo e reto, o trem se transformará em história, à medida que for passando e desaparecendo na distância do passado. Esperar um trem é esperar por alguma coisa que acontecerá no futuro, e não se sabe quando chegará.

Se estiverem realmente dentro do trem e ele estiver em movimento, vocês estarão sempre se movendo através de três elementos: o AGORA, o PASSADO e o FUTURO. Apesar de estarem sempre se movendo através destes atributos, vocês ainda os enxergam como conceitos isolados. Os mais intelectuais analisarão esta questão mais minuciosamente ainda, afirmando: “A frente do trem está no futuro; a parte de trás do trem está no passado; e o meio do trem, no agora” Não é interessante isto? Mas ele não é uma linha reta, e nunca foi.

A VERDADE SOBRE O TEMPO

Se perguntarem a um físico sobre o tempo, ele lhes dirá que é um conceito difícil, porque parece retroceder sobre si mesmo, de alguma forma. Isto acontece porque ele é circular. E precisa ser, para funcionar do jeito que funciona. O tempo está sempre no agora, de certo modo, e embora seja difícil de entender, o tempo é realmente um círculo. Mas o círculo é um conceito difícil – ele pode ser toroidal, ou ter uma forma totalmente diferente – mas se dobra sobre si mesmo. Em outras palavras, o tempo sempre volta para si mesmo como um círculo faria.

Então, por que estou lhes contando estas coisas? Porque, de repente, se entenderem que a trajetória do tempo não é uma linha reta, vocês deverão começar a se fazer perguntas intelectuais sobre o tempo – perguntas que parecerão irrespondíveis.
Alguém poderá perguntar, por exemplo: “Kryon, estou aqui há mil encarnações. Você pode identificar como isto funcionaria no círculo do tempo?” Posso lhe perguntar qual é o tamanho do círculo? A resposta é “sim” (sorriso). Todos vocês, como Almas Velhas, estão neste trilho do tempo há muito tempo, e percorreram o mesmo trajeto diversas vezes por muitas eras. O tamanho do círculo depende da realidade daqueles que o estão medindo. Não direi mais nada, pois só confundiria sua mente linear (mas é muito einsteiniano). Entretanto, o ponto mais importante disto é o seguinte: se vocês são o trem nesse longo trilho, vocês vêm percorrendo o mesmo terreno várias e várias vezes por milhões de anos. Podem imaginar isto? Este conceito é inteligível? Vocês estão num círculo como um trem de brinquedo estaria, entretanto pensam que o tempo é uma linha reta. Não é. Ele dá voltas e voltas, o que significa que vocês realmente percorreram o mesmo terreno inúmeras vezes. Isto é uma enorme simplificação sobre como algo muito complexo pode ser percebido de maneira simples. Mas quero que todos vocês vejam isto com clareza devido ao que está por vir.

PERGUNTA: Se você estiver no trem – nesse trilho em particular que acabei de descrever – e olhar à sua frente, você estará olhando para um futuro desconhecido onde nunca esteve? Ou já esteve lá antes, de alguma forma? Pense “circular”. Talvez você queira ler isto de novo antes de responder.
Se o tempo está em um círculo, então a resposta real é que você já esteve lá antes, de alguma maneira. Mais uma vez, imagine um trem de brinquedo, num trilho circular. Ele está sempre passando pelo mesmo lugar. Então, agora você poderá perguntar: “Bem, se este é o caso, eu não deveria ser capaz de reconhecer ou sentir qualquer coisa que surgisse no percurso à minha frente? Há coisas se aproximando pelas quais eu já passei antes?”

RESPOSTA: Tempo e vidas humanas não funcionam do modo linear que você provavelmente imagina. Não tem a ver com seus episódios, nem com seu carma, nem, realmente, com suas vidas passadas. Não é linear. Então, você não pode dizer: “Ora, eu já estive lá, portanto eu sei o que vai acontecer.” Tempo é um conceito multidimensional, portanto, embora esteja viajando num círculo, você percorreu apenas determinadas dimensões dele em sua jornada, e, talvez, o trilho à sua frente seja uma experiência dimensional que você ainda não vivenciou, embora a pista seja a mesma.

Pense nisto como camadas de realidade no trilho. Talvez ele se desenvolva em camadas e, embora você esteja na mesma trilha circular, você fica mudando de camada no círculo, enquanto viaja. Assim, uma parte do caminho à sua frente lhe é familiar, e outras não são. É uma trilha familiar porque você parece conhecer a sensação de estar lá; entretanto, a anomalia mais estranha deste novo paradigma do tempo é que, ao olhar para frente, você, de fato está olhando para o seu passado. [Respire!] Isto é suficientemente confuso para você?

Veja para onde nós estamos indo: E se… e se, ao percorrer essa trilha, sua percepção das novas dimensões aumentar? OUÇA: E se a Terra e a trilha forem as mesmas, mas você agora estiver muito mais consciente de tudo que se trata? E se o tempo, nessa trilha familiar, estiver ajudando-o a evoluir para um tipo diferente de Ser Humano, um ser humano mais experiente na sabedoria daquilo que está por vir? Poderá o desconhecido nessa trilha à sua frente tornar-se a sua zona de conforto?

A CONSCIÊNCIA DO SER HUMANO EVOLUÍDO

“Querido Espírito” – você poderá dizer – “sei que minha alma é multidimensional e que estou neste plano Terrestre de vidas passadas há um longo tempo. É possível que eu tenha mil vidas passadas no meu registro Akáshico, e sei que continuo percorrendo essa trilha de tempo, da qual Kryon está falando. Mas, de repente, tenho uma nova percepção: eu sou um ser multidimensional, preenchido pelo amor de Deus, e posso controlar a realidade da minha vida. Estou aprendendo novos paradigmas sobre o que é possível com este novo mecanismo de iluminação, e a centelha de consciência, que tenho agora, é muito maior do que qualquer outra coisa que já experimentei antes! Estou apenas começando a aprender o que uma criatura com consciência de nível superior pode alcançar. Aprendi que aquilo que eu penso de maneira benevolente pode estar em coerência com outros, e pode resultar em cura em grupo. Aprendi que posso sentar-me num teatro e estar em coerência com outras pessoas, que não precisam nem saber que estou ali. Elas não precisam saber meu nome, mas poderão sentir a benevolência da minha energia e sentir-se melhor graças a isso. Aprendi que estes novos dons e recursos estão além da física que eu pensei que conhecia. Portanto, decidi abençoar minha vida de uma nova maneira. Vou assumir o controle da trilha que está à minha frente e vou enviar benevolência para mim mesmo, para a minha alma, e para a minha própria vida à minha frente, aonde quer que eu vá. Isto é possível porque já “estive lá” e, embora não saiba exatamente o que vai acontecer, sei que é a minha zona de conforto e não estou com medo.”

Isto faz sentido? Isto é novo. É preciso e belo!
Você já pensou, talvez, em enviar benevolência específica para coisas específicas do seu futuro? Digamos que esteja chegando algo na sua vida que, no passado, lhe causou uma certa ansiedade e você disse: “Espero que quando eu chegar lá, tudo corra bem.” Então você reúne seus amigos e rezam pela situação. Tudo isto pode parecer bom e normal, mas por que não criar energia para essa situação, de um modo que você nunca fez antes?

Que tal isto? Envie, antecipadamente, soluções desconhecidas perfeitas para essa trilha, porque agora você é capaz de fazer isto. A solução que você vai criar com antecedência é perfeita, mas desconhecida para você. Portanto, não se trata de esperar por sincronicidade ou dizer para si mesmo “Eu me vejo curado”, ou qualquer uma daquelas coisas que você aprendeu tão bem. Em vez disso, você envia a cura antes, de modo que ela já esteja lá quando você chegar! Não há nenhuma dúvida de que estará lá. Não se trata de “se” e não se trata de sincronicidade… e não se trata de esperança. Trata-se de enviá-la antes, percorrer a trilha e chegar ao local que você criou. Lembre-se que é a SUA trilha, e que você já esteve lá antes!

Isto é diferente. É um novo paradigma, e é uma coisa extremamente difícil de se descrever para aqueles que vivem vidas lineares. Talvez você diga; “Bem Kryon, na verdade eu venho fazendo isso há muito tempo. Eu sempre rezei por mim mesmo no futuro.” Excelente! Mas você realmente entendeu como isso funciona? A compreensão de como funciona o ajuda a reconhecer a realidade disso.

UM NOVO PARADIGMA

A nova realidade é isto: Você está usando a energia da sua alma e de tudo o que você é, entendendo que à sua frente há um território conhecido. Você vai pegar a sua própria força vital, a energia da sua alma e tudo o que você é – sua benevolência, seu amor, sua compaixão e sua consciência – e vai colocar tudo isso na sua frente, em um lugar confortável onde você já esteve antes – o seu futuro.

Alguém aqui nesta sala precisa saber disto. É alguém que não entende que sua cura pode começar no seu próprio “trem da realidade”, de um modo que ele não tinha pensado antes. Se essa pessoa for você, vamos entrar, agora mesmo, em coerência com todo o grupo. Grupo, projete comigo…. Enquanto estamos em coerência, projete o seguinte: Qualquer pessoa, neste auditório, que esteja com problemas com sua consciência, com sua dor ou saúde, ou com medo, pode ser ajudada. Quero que cada um de vocês crie sua visualização desses indivíduos sem saber o nome deles. Veja-os, em sua mente, completa e totalmente curados. Veja-os projetando-se em seus próprios futuros e sabendo, com certeza absoluta, que estão a caminho das soluções.

Estes que vocês estão visualizando estão com vocês neste objetivo pois, neste momento, muitos deles estão pensando: “Foi para isto que eu vim aqui! Era isto que eu queria! Tenho aqui Almas Velhas trabalhando juntas e fazendo algo comigo, que eu não sabia que poderia ser feito!” Isto é diferente de ter uma cura hoje. Trata-se de planejar uma cura no futuro, porque este já está lá. Vocês simplesmente colocam o indivíduo naquela trilha.

Agora quero que o grupo volte e imagine que vocês ainda estão naquele trem. E quero que comemorem o que vai acontecer quando eles chegarem no lugar no qual vocês criaram soluções para os que precisavam delas. Quero que comemorem a reação deles quando perceberem e realizarem que tudo o que fizemos hoje é real! Este é um novo paradigma das suas habilidades numa consciência superior. Ele vem com uma percepção maior nesta nova energia.

Querido, você pode ter tido mil encarnações, mas o seu futuro conhece você, por isso é seu amigo. Você está se colocando num futuro que é realmente um lugar para onde já viajou antes. Você se vê sentado lá e sendo diferente do que é hoje? Se consegue fazer isto, a próxima coisa que eu quero que você faça é mudar seu modo de enxergar a própria vida. Imagine que você se mudou para a frente do trem e que agora está observando o trilho, o caminho à sua frente, e sorrindo com expectativa a cada dia; sem mais nenhuma preocupação, sem mais nenhum aborrecimento, porque você está lidando com o quebra-cabeça de forma diferente. Você está esperando que aconteçam coisas boas, porque está tranquilo com o que virá a seguir.

Ao fazer isto, você cria um modelo que afirma quem você é, e coloca essa energia no futuro, num trilho de tempo que existe, onde você é conhecido. Com isto, você não só afirma quem você é, mas também cria uma realidade por vir. Isto é novo.
Queridos, continuarei a trazer para vocês este tipo de coisas.

Se você estava sentado aqui neste grupo, ou se leu isto, e não entendeu nada, está tudo bem e perfeito. Porque, em algum nível, tudo o que eu disse para você entrou naquele lindo lugar chamado “consciência da sua alma”. Quando precisar que lhe seja oferecido novamente, isso tudo estará disponível para você. Sua intenção é tudo. Você veio aqui em busca de novas ferramentas, e eu lhe apresentei algumas. Mesmo sem entendimento total, esta informação assentou-se num lugar, no qual você será capaz de usá-las quando estiver pronto.

Ah, tem mais! Muitos conceitos e ideias estão chegando, usando recursos nos quais vocês jamais pensaram, e que realmente estão disponíveis apenas para aquelas Almas Velhas que estejam dispostas a trabalhar com “a centelha”.
Conto-lhes estas coisas hoje porque este grupo, diante do qual estou sentado, é um grupo adiantado. Conto-lhes estas coisas hoje, porque não é por acaso que vocês estão aqui ouvindo ou lendo isto. Sei quem está aqui, porque sua alma brilha à minha frente, com os cristais da mudança e o desejo da verdade.
Vocês vão sair deste lugar um pouco confusos, talvez, [risadas] mas saibam que, em algum momento, em algum nível, a confusão se transformará em clareza e vocês serão capazes de se desfazer de praticamente toda a bagagem que vêm carregando há vidas nesse trem de vocês.

E assim é.
KRYON

© Direitos Autorais:
Esta informação é gratuita e está disponível para que a imprima, copie ou distribua como desejar. No entanto seus Direitos Autorais proíbem sua venda de qualquer forma, exceto pelo editor.

Lee Carroll

Tradução de Vera Corrêa
veracorrea46@gmail.com
Imagem:
https://pixabay.com/pt/photos/trilhos-faixas-transporte-768427/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *