A INCERTEZA, A ESCURIDÃO E O DESPERTAR ÀS 3:00 DA MANHÃ

Este texto é bastante acalentador para ler nos dias de hoje. Parece que estamos viviendo um momento bastante difícil, cada um dentro das suas dificuldades mais profundas.
Mas lá no fundo existe uma esperança de que tudo vai melhorar. Não dá pra dizer por quê, mas simplesmente existe este sentimento.
Quando li senti uma grande sensação de que não estou completamente só.

Alguns trechos estão abaixo, e no final o link para o texto completo.

… “e vocês são surpreendentemente sensíveis, podem estar achando difícil estar fora no mundo, ou até ter interações sob qualquer condição com qualquer coisa que esteja acontecendo “lá fora”. Muito do velho mundo pode parecer absolutamente terrível, pois ele está atualmente em uma transição tão grande que a instabilidade pode nos tirar do equilíbrio e do curso. Os sensitivos podem, oh, muito facilmente assimilar estes sentimentos de instabilidade e de incerteza dos outros, mas saibam também, que as energias da própria queda podem já estar presentes também.

A energia da incerteza, pois todas as peças não estão ainda juntas para um grande empurrão, pode ser sentida em todos os níveis. Aos níveis de nossa alma, nós sempre sabemos o que está ocorrendo. Assim, nossas almas servem para nos proteger de cada modo, tornando muito claro o que está ocorrendo nos níveis mais elevados. A incerteza pode se manifestar como medo e inquietação, como um sentimento trêmulo de insegurança e de vulnerabilidade, mas é somente as nossas almas nos dizendo que aguardemos um pouco mais antes que avancemos.”

… “Estes são momentos para pedir e estarmos seguros do que queremos. Estes são momentos para esperar nada menos do que a perfeição em que agora chegamos. Estes são momentos para ignorar, recusar-se a participar, e bater a porta em qualquer coisa e tudo o que tenha uma vibração menos elevada. Nós somos os criadores de nossa nova realidade aqui. É nossa a responsabilidade de decidirmos como ela realmente será. A vigilância é importante, pois aceitamos nada mais do que visualizamos por tanto tempo.”

Karen Bishop
http://www.novasenergias.net/oquesepassanoplanetaterra/asas/latest.htm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *